Páginas

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

O PODER DA FÉ - PARTE 7



Hoje no Caminho da Restauração, a igreja se reuniu em adoração iniciando a noite louvando ao som da música Santidade (Kleber Lucas), em seguida veio Até tocar o céu (Eyshila), e na preparação da ministração veio a canção Vou crer (André Valadão). Tivemos uma noite muito agradável na presença do Senhor, com revelações tremendas, e as grandes revelações vieram por intermédio da palavra ministrada pelo nosso querido Pastor Isaias.

O PODER DA FÉ - PARTE 7
Hebreus 11.17-21

I.  PELA FÉ PODEMOS ENFRENTAR LUTAS E TRIBULACOES

1.  O versículo 17 fala da prova a que abraão foi submetido. Nada se pode comparar a provacao que Abraão viveu. Imagine o dilema ter que entregar o seu proprio filho.
2.  Não estava em jogo apenas a vida do filho, algo mais estava em jogo - estava em jogo a promessa, a esperanca e ate a salvação de todo mundo, visto que Deus havia declarado a promessa de abencoar todas as familias da terra.
3.  Portanto Abraão não estava apenas abrindo mão do próprio filho, Abraão estava sim abrindo mão da promessa. O que se percebe aqui é o aparente choque entre uma ordem de Deus com a sua promessa. Abraão optou por obedecer a ordem abrindo assim mão da promessa.
4.  Falei aqui que a fé de Abraão era uma fé que o capacitava a obedecer. Voce abriria mao de uma promessa para obedecer uma ordem do Senhor?
5.  Muitas decisões na nossa vida dependem da fé. Abraão jamais obedeceria tal coisa senão fosse movido pela fé. Já vi muitos criticos rotularem este texto como imoral - que Deus é este que pede a morte do seu filho? As pessoas não entendem que este texto é um texto de fé. Como a palavra de Deus afirma - as coisas espirituais se discernem espiritualmente.
6.  Portanto a questão aqui nao é quando a tribulação vai passar e sim se temos fé ou nao para enfentar a tribulação. Só mais uma coisa - a fé nos dá forças para enfrentar a tribulação e a tribulação fortalece a fé (Tiago 1.3).
7.  Portanto na próxima luta que você enfrentar encare o momento como uma oportunidade para voce exercer sua fé e crescer nela.

II.  A FÉ EXIGE UM CONHECIMENTO CORRETO DE DEUS
1.  A fé de Abraão não era uma fé cega. A fé de Abraão provinha de um conhecimento correto de Deus.
2.  Veja que Abraão se dispôs a sacrificar, pois ele cria que Deus era poderoso para ressucitar seu filho. A imagem que Abraão tinha de Deus nao era uma imagem mediocre, Abraao não servia um ídolo, mas um Deus vivo e verdadeiro.
3.  Normalmente se afirma que todas as pessoas tem fé em Deus, mas escutem com atenção a fé autentica é aquela que vem de um conhecimento verdadeiro, e para este conhecimento ser verdadeiro ele (conhecimento) precisa vir da palavra de Deus, por isso que a bíblia diz que a fé vem pelo ouvir e ouvir a palavra de Deus. Não há como você ter um conceito equivocado de Deus expondo-se assim a sua palavra.
4.  Há muita coisa no mundo que pode dar certo - otimismo, confissao positiva etc etc, mas em se tratando de fé que tem poder, só a palavra de Deus pode gerar, e o conhecimento que provem da palavra é um conhecimento verdadeiro.

III.  PELA FÉ O SACERDOCIO DA FAMILIA É DESATADO
1.  Domingo ouvimos um testemunho muito marcante, o testemunho da tania acerca do sacedocio da sua casa.
2.  Uma vez ministrei aqui que muitas vezes olhamos para a nossa familia descrente e achamos isso muito natural. Alguns já nem mais oram pela salvação da sua casa. Isso é extremamente preocupante.
3.  Porque estou falando disso? O texto que lemos fala do poder da fé na vida de uma família. O mais interessante é que o poder da fé se evidencia no sacerdocio familiar. Veja que no v.20 Isaque abencoa os dois filhos com respeito ao futuro. Ja no v.21 é a vez de Jacó exercer seu sacerdocio liberando a benção sobre a família.
4.  Disso aprendemos que: O sacerdocio do lar depende do exercício da fé! Um exemplo clássico nas escrituras de sacerdocio do lar é o exemplo de Jó. A biblia diz que todos os dias Jó levantava cedo e oferecia sacrifícios pedindo perdão pelos seus filhos. É claro que a salvacao é individual, eu nao posso salvar os meus filhos, mas como sacerdote posso protege-los com a cobertura de pai.
5.  É disso que trata o sacerdocio familiar. As vezes satanás quer destruir um lar, mas se houver alguem exercendo sacerdocio, sendo cobertura, satanás será impedido de realizar seus planos.
6.  O sacerdócio é exercido primeiro por aquele que está em posição de autoridade (normalmente os pais) mas também por aqueles que estão em condição de exercer o sacerdócio espiritual (uma pessoa que não teve uma experiência com Deus nao pode exercer sacerdócio) é neste caso que muitas vezes o sacerdócio recai sobre os filhos.
7.  Uma coisa é certa - o sacerdócio só pode ser 100% desatado pelo poder da fé. Veja que tanto Isaque como Jacó abençoaram pela fé!
8.  Os pais liberam pela fe a benção e os filhos pela fe recebem a benção (abro aqui um parentese para falar algo que pode parecer ultrapassado mas o ato de pedir a benção não é algo de famílias tradicionais. O ato de pedir a benção aos pais é bíblico. Me inquieta ver muitos filhos que nao se importam, acham que isto é coisa do passado, e não sabem a oportunidade que estão perdendo).

Conclusão - Portanto, termino esta palavra afirmando mais uma vez - Há poder na fé! Há poder na fé para suportar provações, há poder na fé para termos um conhecimento correto de Deus, há poder na fé para o desatar do sacerdócio da família. Portanto mais uma vez peça ao Senhor que eleve o seu nível de fé.

Para terminar a noite com chave de ouro, a igreja em uma só voz, louvou com a canção Fé (André Valadão).

CAMINHO DA RESTAURAÇÃO: Todas as quartas-feiras à partir das 19:30h - CAF G12

Um comentário:

  1. Este mês de setembro está sendo uma benção! Parabéns pelo Blog. Amei!

    ResponderExcluir